Dicas

10 curiosidades que vão fazer você enxergar Campos do Jordão de outro jeito

Além do clima friozinho e do romance pairando no ar, há fatos bacanas sobre a história de Campos do Jordão e atrações que vão além do seu centro em Capivari. Um novo viés sobre Campos, cidade localizada a cerca de 200 km de SP, que vai muito além do seu apelido de Suíça brasileira.

1 -Ela tem cara suíça ou alemã, mas foi fundada por um português: Campos do Jordão tem construções marcadas por uma identidade bem europeia, mas na realidade foi ocupada por índios, desbravadas por portugueses e desenvolvida por nordestinos.

25 cursos e oportunidades para empreender em casa


2 – As casas em enxaimel têm estilos diferentes: A maioria das construções que vemos na cidade são inspiradas no estilo arquitetônico típico da Alemanha e de países vizinhos. O estilo arquitetônico de Campos do Jordão é mais eclético, com chalés suíços erguidos em madeira, chalés de pinho jordanenses, todos com estilo normando.

3 – Foi lá que nasceu a cervejaria Baden Baden: A Baden Baden, uma das cervejarias artesanais mais famosas do Brasil, nasceu em Campos do Jordão. Com rótulos inspirados nas cervejas alemãs, a marca já ganhou 14 prêmios em eventos nacionais e internacionais.

4 – A cidade já foi um centro de tratamento para tuberculose: A cidade começou a ganhar o status de centro de cura no começo do século 20 depois que o dramaturgo Nelson Rodrigues internou-se várias vezes por ali para tratar de uma tuberculose que o atormentou por anos. O aumento da qualidade de vida dos pacientes se dava pela pureza do ar, que contribuía para fechar as “cavernas” criadas nos pulmões.

5 – Campos do Jordão é a cidade mais alta do Brasil: Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a altitude máxima da cidade é de 1628 metros.

6- O Festival de Inverno de Campos do Jordão é o maior evento de música erudita da América Latina: Inspirado no Festival de Tanglewood, realizado em uma fazenda em Massachussets, EUA, o Festival de Inverno de Campos do Jordão ocorre todo mês de julho, época de altíssima temporada de inverno da cidade.

7 – Um dos hotéis mais caros e luxuosos do Brasil fica em Campos: É o Botanique Hotel & Spa, aberto em 2012, com diárias que custam mais de R$ 2 mil. Cercado pela vegetação da Serra da Mantiqueira, a 30 km do centro da cidade, o hotel ocupa uma área de 1, 2 milhão de metros quadrados no Vale dos Mellos, marcado pela rica vegetação da Mata Atlântica.

8 – Há um hotel em forma de castelo, e outro que tem fama de mal assombrado: No alto de uma colina, está o hotel Home Green Home (foto), que mais parece um castelo europeu, e do hotel Mont Blanc, abandonado devido à má administração e que hoje é considerado por moradores como mal assombrado.

9 – Campos do Jordão não tem só atrações “engordantes” para casais; também tem aventura: A área verde de Campos do Jordão é favorável ao turismo de aventura. Por lá, há trilhas de caminhada, bicicleta, cavalgadas e até passeios de jipe. Em lugares como o parque Ducha de Prata, por exemplo, e o bem procurado Centro de Lazer Tarundu, as atividades favoritas são o arvorismo e a tirolesa.

10 – É a cidade de inverno mais cara para se hospedar em casas de aluguel de temporada: Ela está no topo da lista de cidades mais caras para se hospedar no inverno brasileiro. Para alugar casas por uma noite, é preciso desembolsar R$ 923, em média.

Compartilhe!
  • 1
    Share